Defesa Animal

Ato com participação de ativista do RS e homenageia defensores da causa

O ato pelos Direitos Animais de setembro aconteceu logo ao dia 1º/setembro/2012.

Por redação Onca

 

Ativistas atendem os interessados no tema dos Direitos Animais.

A partir das 9h os ativistas de ONCA estavam no centro da cidade de Curitiba (PR), disponíveis a atender aos interessados pela causa animal. Mesmo entre o ruído e o tumulto causado pelos blocos de partidaristas políticos (em época de eleições), os ativistas estiveram conversando com o público, esclarecendo sobre veganismo e Direitos Animais, orientando a como fazer denúncias, entre outras dúvidas comuns as pessoas que passavam pelo calçadão da Rua XV de Novembro, local de grande fluxo de gente.

 

O ato lembrou a ação de todas as pessoas envolvidas na causa animal, protetores, voluntários, ativistas independentes e grupos organizados que se dedicam a amenizar o sofrimento dos animais causados pelo homem. Como símbolo desta luta, foi recordado que em 2012 se completam 10 anos do assassinato de Celina Valentino, protetora que iniciou um trabalho de resgate de animais e que, entre suas obras, já havia resgatado mais de 2 mil cavalos em São Paulo.

 

Público de todas as idades tiveram acesso às informações.

Os trabalhos do grupo contou com a presença do ativista Everton, do ONCA no RS. “Para mim é uma honra estar fazendo parte do grupo, ainda mais trabalhando com o pessoal aqui [em Curitiba], em prol dos animais que sofrem hoje no mundo.”, disse.

 

Durante todo o dia, dezenas de pessoas tiveram contato com a ação do grupo, recebendo material informativo e esclarecendo dúvidas sobre os Direitos Animais e veganismo. Entre os contatos, um grupo de estudantes de Biologia que desenvolvia uma atividade no centro da cidade e que passou pelo estande. Entre eles, a estudante Carol, vegetariana a 2 anos e meio que ficou bastante motivada em conhecer o grupo. “Eu apoio essa causa.”, disse ela.

 

“Hoje eu passei a conhecer esse grupo e estou interessado porque recebi informações que eu não tinha em relação aos animais e a mudança de hábito alimentar. Maus-tratos aos animais que acontecem e que não ficamos sabendo.”, disse Fernando, servidos público municipal, que também passou pelo estande.

 

Alguns dos ativistas presentes na ação.

Crianças, adolescentes, adultos de idades variadas e diferentes níveis sociais durante o dia foram atendidas no estande, até o encerramento das atividades, já noite, às 19h30.

 

 

 

 

 

As atividades do grupo foram até as 19h30.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fotos: Onca
Veja mais fotos da ação: [>]

 

 

 

 

 

 

_

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>